Grutas de Minas Gerais

  • 04/09/2008 - Gruta da Lapinha

    Localizada no município de Lagoa Santa (MG), a gruta da Lapinha tem 40 metros de profundidade e 511 metros de extensão abertos à visitação pública. De grande beleza cênica, foi descoberta por volta de 1835 pelo naturalista dinamarquês Peter Lund, conhecido como o pai da paleontologia brasileira, a ciência que estuda as formas de vida existentes em períodos geológicos passados, a partir dos seus fósseis.

    Leia Mais
  • 04/09/2008 - Gruta de Maquiné

    A gruta de Maquiné, localizada em Cordisburgo (MG), foi descoberta em 1825 pelo fazendeiro Joaquim Maria do Maquiné, então proprietário das terras. Foi pesquisada a partir de 1834 pelo naturalista dinamarquês Peter Lund, chamado de o pai da paleontologia brasileira. Está aberta para visitação pública desde 1967, mas parte da gruta permanece fechada.

    Leia Mais
  • 04/09/2008 - Gruta Rei do Mato

    Localizada em Sete Lagoas (MG), a gruta Rei do Mato está aberta para visitação pública desde 1988 e exibe quatro salões: Couve-Flor, Desabados, Principal e Raridade. Dos 998 metros de extensão da gruta, a visitação é permitida em apenas 220 metros. Este limite se justifica pelo fato de a gruta ainda ser considerada "viva" pelos cientistas.

    Leia Mais
  • 04/09/2008 - Quem foi Peter Lund

    O cientista dinamarquês Peter Wilhelm Lund (1801-1880) é considerado o pai da paleontologia brasileira, o ramo da ciência que estuda as formas de vida existentes em períodos geológicos passados, a partir dos seus fósseis. De acordo com a revista Ciência Hoje, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, em artigo de Raquel Aguiar, o pesquisador descobriu mais de 12 mil peças fósseis em cavernas da região de Lagoa Santa (MG), que permitiram escrever a história do período pleistocênico brasileiro, o mais recente na escala geológica.

    Leia Mais
Follow us on Twitter