Dicas de Roupas

( Quer Conhecer? - Clique Aqui)

A camada interna
A primeira camada de roupa, que fica em contato direto com a pele, deve consistir de uma camiseta regata de algodão ou uma camiseta térmica de mangas longas. O ideal é que ela seja justa, mas não apertada. Deve ser feita de material que absorva suor e o "transporte" para longe da pele (transferindo-o para a face externa do tecido). Essa camada deve ser mantida mais limpa possível, para evitar uma acúmulo de sujeira que entupa os poros do tecido e prejudique o "transporte".

A segunda camada
Esta camada deve ser folgada, mas com potencial de proteger e aquecer os vasos sangüíneos do pescoço e dos pulsos. Uma camisa pólo com zíper (é só abri-lo quando o tempo esquenta) ou uma camisa (com colarinho, mangas que podem ser arregaçadas e punhos abotoáveis) são boas soluções. Em climas quentes, essa camada pode ser a externa, talvez acrescida apenas de uma jaqueta para proteger do vento.

A terceira camada
A terceira camada deve ser uma malha de lã ou uma jaqueta felpuda leve. Se você estiver caminhando, mesmo nos pólos, é melhor remover esta camada para evitar superaquecimento. Você pode abrir o seu casaco isolante (veja página 35) se ainda assim sentir calor. Quando parar para descansar, vista a camada intermediária novamente antes de começar a sentir frio. Esta camada pode funcionar como a externa em climas amenos e temperados, mas tenha sempre um casaco impermeável à mão.

A camada externa
A última camada deve consistir de um casaco que o isole do vento, seja à prova d'água ou ambos, dependendo do clima local. No frio extremo, um casacão acolchoado é indispensável para protegê-lo dos ventos cortantes. Esse casacão deve permitir ventilação, para evitar o risco de superaquecimento e transpiração excessiva. Em locais de clima ameno, a chuva é o problema principal, embora você possa vestir um impermeável por cima do casacão.

Voltar

Follow us on Twitter